POLICIAS DO PIAUI MATA 5 SUSPEITOS DE EXPLODIR 2 AGENCIAS BANCÁRIAS EM CAMPO MAIOR NA MADRUGADA DE HOJE (5)DE MAIO

Cinco suspeitos de explodir duas agências bancárias na cidade de Campo Maior foram mortos em confronto com a Polícia Militar do Piauí na madrugada deste domingo (5). O bando foi cercado por policiais em Cocal dos Alves, a 262km ao Norte de Teresina.  O secretário de segurança, Fábio Abreu, confirmou a informação.

O IML de Parnaíba foi acionado na manhã deste domingo(5), para remover os corpos dos suspeitos. O tiroteio entre a polícia e os suspeitos ocorreu na localidade Vidéu, na zona rural do município Cocal. Com informações do Portal Meio Norte.

A Secretaria de Segurança Pública, emitiu uma nota informando que na manhã deste domingo (05), após confronto com policiais na região de Cocal, cinco suspeitos de praticarem roubo as agências bancárias da cidade de Campo Maior foram mortos após confronto com a polícia.

Outros envolvidos no crime continuam escondidos na mata entre os municípios de Batalha e Barras.  Foram apreendidos armamentos, carros e explosivos. Participaram da ação policiais do GRECO, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, RONE, BOPE, Divisão de Operações Especiais da PC-PI e COTAR do Ceará com apoio aéreo.

O helicóptero da Polícia Militar (PM), usado na caça e morte de cinco acusados de assalto a três bancos em Campo Maior possui radar e equipamentos que permitem captar e localizar movimentos na mata.

As diligências continuam em várias regiões com o reforço de mais policiais para captura dos demais membros do grupo criminoso.

NOTA: Deputado Fábio Abreu - Piauí.

"Não temos descansado para combater o crime em nosso Estado. Hoje tivemos um forte confronto com os suspeitos de assalto as agências bancárias na cidade de Campo Maior, que estavam escondidos na região de Cocal. Cinco foram mortos. Foram apreendidos armamentos, carros e explosivos. Participaram da ação policiais do GRECO, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Força Tarefa da SSP/PI, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, RONE, BOPE, Divisão de Operações Especiais da PC-PI e COTAR do Ceará com apoio aéreo. O trabalho continuará para identificar todos os demais envolvidos".


Comentários